Algo para se escrever sobre

Finalmente achei algo que me interessou escrever sobre, começar um cursinho pra concurso público aqui em Brasília.
Cacete que diferença de ir lá e ir pra um cursinho pré-vestibular. Lá eu não senti a pressão de ter que ir todo dia e assistir todas as aulas (até porque é só 1 por dia, de 4h de duração!) porque EU SEI que vou passar no concurso, é só questão de estudar mais. No cursinho pré-vestibular sempre tinha aquele bando de matéria chata que não ir servir pra nada na sua vida, aquele amontoado de gente mal resolvida que tava lá porque o papai tinha mandado, e o vestibular sempre era uma caixinha de surpresa onde a concorrência tava sempre apertando a cada dia de uma maneira absurda.
Tá certo que pra concurso público a média de acerto de quem toma posse é de 85%, mas são outras matérias, mais fáceis, novas, mais legais de estudar, o chato é não saber como estudar.

Well, faz tempo que não posto no blog ^_^.
Vamos atualizar minha vida, desde Junho estou em Brasília, passei Julho em SP por problemas de família da parte do meu cunhado e agora voltei pra cá, dessa vez pra uma tacada até sabe deus lá quanto, dezembro provavelmente.
Não sei que música tô ouvindo, só sei que tô no minuto 33 do A State Of Trance 522, e cacete, que música inspiradora! Até agora não entendi porque diabos eu passei 4 meses sem ouvir Trance, deve ter sido o choque de se jogar tudo pro alto e arriscar uma meta nova, uma vida nova, com pessoas estranhas, costumes estranhos e numa terra estranha.

Man i wanted friends badly here, mas é impossível ter amigos quando você não sai pra nada, achei que teria um pouco de sorte agora que comecei a fazer o cursinho mas o povo de Brasília é estranho e quem tá lá tá focado no concurso E eu não achei ninguém lá que tivesse cara de que pudesse ser meu amigo :S
Sei lá, é dificil achar alguém que eu possa considerar um amigo, people are oftenly dumb and won’t understand/tolerate if I open my mouth to talk for more than 5 seconds, eu tenho essa mania de falar mais que o necessário, e por saber razoavelmente bem do que eu tô falando, acabo espantando os outros pois todos acham que eu sou metido, ou que tô metendo o pau nas coisas dos outros.

There’s more to be talked about but I fear for the balance of the force, there are occult powers that often come around and check it out.
Anyways, someone please remember me in the future that if you are to leave a legacy to the world, make it so a book, not biological mess!

 

Anyways, pra completar o post, A Song Of Ice And Fire, que puta série, acabei sexta o vol2, A Clash Of Kings, e que livro! Mal posso esperar pra começar a ler o A Storm Of Swords, mas antes disso quero ler 2 livros da série Warhammer 40000.
É isso, fica por aqui, não tô com vontade de escrever nada no final do post, só acabar.

Anúncios